Pub

premio

O Ministério da Cultura acaba de anunciar que o Instituto do Património Cultural (IPC), recebeu, na tarde desta segunda-feira, 18, o prémio internacional Mélina Mercouri da UNESCO para a Salvaguarda e Gestão de Paisagens Culturais, edição 2019, numa cerimónia que teve lugar na Sede da Unesco em Paris, França, à margem da 40ª Conferência Geral da UNESCO.

Segundo um post do MCIC, na sua página no facebook, o prémio foi entregue pelo ministro da Cultura e Desporto da Grécia, Styliani Mendoni, e pela diretora Geral da UNESCO, Audrey Azoulay, ao presidente do Instituto do Património Cultural, Hamilton Jair Fernandes, numa cerimónia que contou com a presença de Abraão Vicente, ministro da Cultura e das Indústrias Criativas que é, também, presidente da Comissão Nacional de Cabo Verde para a UNESCO (CNU).

"Impulsinado pela nova visão de gestão patrimonial integrado, implementado pelo Governo de Cabo Verde, através do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, Cabo Verde entregou a candidatura ao prémio para a salvaguarda do Parque Natural de Cova, concelho do Paúl e a Ribeira da Torre, concelho do Ribeira Grande, ambos na ilha de Santo Antão e que integram a lista indicativa de Cabo Verde para UNESCO, pelos critérios V, VII e X. A candidatura ao prémio Mélina Mercouri da UNESCO atendeu a todo o valor cultural, natural, inter-relações entre os elementos do meio físico natural com a engenhosidade do homem que forjou a paisagem peculiar e à necessidade de implementar medidas que possam mitigar os efeitos exógenos e endógenos que perigam a sustentabilidade do Parque Natural da Cova e Ribeira da Torre", explica a nota do MCIC.

O mesmo comunicado diz que, ao candidatar-se ao prémio, "Cabo Verde se propôs a cumprir os objectivos específicos estabelecidos no programa de desenvolvimento sustentável até 2030, por meio de programas de organização e capacitação das mulheres em cooperativas de transformação de produtos locais (artesanato, gastronomia, cestaria, turismo de habitação, guias turísticos), com vista a criar nichos de ofertas de produtos voltados para o turismo local".

Para o ministro da cultura, Abraão Vicente, citado pela página do seu Ministério, "este prémio representa o confirmar de políticas acertadas para o sector e um acréscimo de responsabilidade, no que a preservação e salvaguarda do legado cultural e natural do país diz respeito".

A candidatura cabo-verdiana foi elaborada pela equipa técnica do IPC formada pelo Diretor de Monumentos e Sítios, Jaylson Monteiro, os técnicos historiadores e gestores de património, Ivalena do Rosário, Edson Brito, José Landim, e a geógrafa, estagiária canarina, Isabel Esquível.

O Prémio Mélina Mercouri, criado em 1995, leva o nome da ex-Ministra de Cultura de Grécia , até então firme e defensora da conservação integrada. Concedido a cada dois anos, desde a sua primeira edição, já foram atribuídos seis prémios da Mélina Mercouri.



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

0 # John Miller 19-11-2019 11:34
Como eu te amo, terra minha!
Responder