Pub

Maritza Rosabal Educacao Docente

A ministra da Educação, Maritza Rozabal, garantiu esta quarta-feira, 17, no Parlamento que os 40 títulos que serão publicados para o ano lectivo 2019/2020 estarão disponíveis no mês de Setembro para o arranque das aulas.

Maritza Rosabal respondia, assim, a uma intervenção da deputada da UCID que, durante a sessão de perguntas ao Governo, quis saber quando é que os manuais escolares estariam prontos.

A ministra assegurou que está a fazer um acompanhamento rigoroso da produção dos manuais e recebe informações permanentes sobre essa produção.

“São publicados 40 títulos para o ano lectivo 2019/2020. Neste momento, 26 já se encontram prontos para ir para o mercado e depois temos 10 que serão entregues este mês e quatro no mês de Agosto. Portanto, pelo seguimento do plano esperamos ter todos os materiais prontos para o início do ano lectivo,” afirmou a ministra.

Durante o debate, a ministra também foi instada sobre outras questões que têm a ver com os agrupamentos escolas e seus impactos na interligação de escola-comunidade, abandono e evasão escolar, obras de remodelação nas escolas e ainda sobre o prazo da conclusão das obras de remodelação do Liceu da Boa Vista.

Sobre o Liceu da Boa Vista, Maritza Rosaba disse que se trata de um processo e que já se conseguiu o pagamento à empresa que está a fazer a empreitada.

Assegurou, no entanto, que na próxima semana, uma equipa do Ministério das Infra-estruturas, Ordenamento do Território e Habitação (MIOTH), estará no terreno para garantir que durante as férias se finalize as obras para entregar o espaço pronto em Setembro.

Com Inforpress



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

0 # Zamy 19-07-2019 19:32
Senhora sem erro por favor,Nha troca cu marido de N Nha ,Nha fala cu presidente da república pa Seixal b bai governo ,ele e de educação e conje assuntos
Responder