Pub

Policia Cabo Verde

O encontro é esta quarta-feira e vai juntar os membros do Governo, as Forças Armadas, o Conselheiro de Segurança Nacional, a Polícia Nacional, a Polícia Judiciária e o Serviço de Informação da República. A situação securitária nacional estará no centro das discussões.

O Conselho Nacional de Segurança reúne-se esta quarta-feira, 30, sob a presidência do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva. O encontro será esta tarde na Sala do Conselho de Ministros, gabinete do Primeiro Ministro.

Segundo a página do Governo, da agenda constam, entre outros pontos, a Situação Securitária Nacional, Orientações para elaboração do Plano de Segurança Turística e Orientações para Elaboração e Implementação de uma Estratégia de Segurança Marítima Nacional. 

Fazem parte do Conselho Nacional de Segurança enquanto membros efectivos: o Ministro das Finanças, o Ministro de Estado, dos Assuntos Parlamentares e da Presidência do Conselho de Ministros, o Ministro dos Negócios Estrangeiros, a Ministra da Justiça e do Trabalho, o Ministro da Administração Interna, Ministro do Turismo e Transportes e Ministro da Economia Marítima, Ministro Adjunto do Primeiro Ministro para a Integração Regional, o Chefe de Estado das Forças Armadas, o Conselheiro de Segurança Nacional, o Director Nacional da Polícia Nacional, o Director Nacional da Polícia Judiciária e o Director Geral do SIR.



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

0 # Elisio Semedo 30-05-2018 20:01
Desde quando pisei nesta tecla? Disse sempre que deveria ser coordenado pelo PM. Seria melhor hovesse um corpo técnico com responsabilidade a tempo inteiro. Ainda nao me sinto completamente sasatisfeito.
Responder
+1 # Atento di Picos 30-05-2018 12:37
Já vão tarde. Já sentiram a fumaça da criminalidade a chegar aos vossos pés e já resolveram levantar e combater?
Os criminosos estão a traçar estratégias até chegar a vós... Bem devagarinho estão a dar os seus sinais a onde eles querem chegar. Fiquem atentos... Não é falta de aviso.
Responder