Pub

 JANIRA

A Presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), Janira Hopffer Almada, estará em São Tomé Príncipe, de 17 a 20 do corrente mês, no âmbito do reforço das relações externas do PAICV.

Neste sentido, Janira Hopffer Almada irá encontrar-se com o Primeiro-Ministro de São Tomé e Príncipe, com o Presidente da Assembleia Nacional, com a Rede das Mulheres Parlamentares e estruturas do PAICV.

Outros pontos altos desta deslocação também serão visitas à Sede do MLSTP/PSD, seguido de uma conversa com as Mulheres do MLSTP, encontros com as comunidades cabo-verdianas, bem como, a participação, na qualidade de Oradora, no painel “Liderança e Desenvolvimento”, num Fórum promovido pela Organizer Eventos. 

Já na sua 4.ª Edição tal iniciativa da Organizer Eventos, em parceria com o Instituto da Igualdade e Equidade de Género e Rede das Mulheres Parlamentares, e que conta com o apoio da Assembleia Nacional, visa dar a conhecer a experiência de individualidades que, durante o seu percurso de vida, demonstraram o firme compromisso com a causa da integração da mulher e destacaram-se pelo engajamento na luta em prol do desenvolvimento do seu país e da plena integração das comunidades emigradas. 

De salientar que, a emigração cabo-verdiana para São Tomé e Príncipe começou em 1903, para trabalhar como mão-de-obra nas roças são-tomenses e, actualmente, mais de 80% por cento da população da ilha do Príncipe é constituída por cabo-verdianos e seus descendentes, muitos deles doentes e idosos, e a viver em condições de estrema pobreza. 

Ciente dessa chocante realidade o PAICV, enquanto poder, chegou a atribuir uma pensão de 20 euros a 1.117 beneficiários e a contemplar um número significativo de cidadãos com passaportes de Cabo Verde, processo liderado pela Direcção-Geral dos Registos, Notariado e Identificação.



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

0 # Pedro Candeias 15-06-2019 10:54
Desejo que a Presidente do PAICV faça bom trabalho em São Tomé e Príncipe para a dignificação de Cabo verde, e que traga boas notícias sobre o reforço das Relações entre Cabo Verde e aquele País irmão do Continente Africano.
Responder