Pub

Pell

O australiano George Pell (Foto) e o chileno Javier Errázuriz, ambos acusados de encobrir abusos sexuais nos seus países, já não fazem parte do grupo dos conselheiros mais próximos do Papa Francisco.

O Papa Francisco afastou do conselho de cardeais conhecido como C9 (o núcleo duro dos conselheiros mais próximos do líder da Igreja Católica) três cardeais, incluindo o australiano George Pell e o chileno Javier Errázuriz, ambos envolvidos em escândalos de encobrimento de abusos sexuais nos seus países de origem.

A informação foi dada esta quarta-feira pelo porta-voz do Vaticano, Greg Burke, numa conferência de imprensa depois da reunião daquele conselho, que durou os últimos três dias. Neste encontro já não estiveram presentes os três cardeais agora afastados.

“De acordo com o pedido expresso pelos cardeais no final do 26.º encontro do Conselho dos Cardeais relativo a uma reflexão sobre o trabalho, estrutura e composição do próprio Conselho, e também tendo em conta a idade avançada de alguns dos seus membros, o Santo Padre Francisco escreveu a sua eminência o cardeal George Pell, sua eminência o cardeal Javier Errázuris e sua eminência o cardeal Laurent Monsengwo Pasinya, a agradecer-lhe pelo trabalho que fizeram nestes cinco anos. Dada a fase em que se encontra o trabalho do Conselho, não está prevista a nomeação de novos membros neste momento”, explicou Greg Burke.

Recorde-se que George Pell, o ministro da Economia do Vaticano, se encontra fora das suas funções desde o ano passado e regressou à Austrália, de onde é natural, para responder em tribunal sobre acusações de agressão sexual e de encobrimento de abuso sexual de menores praticados por membros do clero da sua diocese.

Já o cardeal Javier Errázuris, antigo arcebispo de Santiago do Chile, tem sido acusado de desvalorizar denúncias de abusos sexuais e de não ter investigado casos alegadamente ocorridos na sua diocese — acusações que têm ganhado força numa altura em que as investigações aos abusos sexuais por parte de padres católicos no Chile já levaram todos os bispos chilenos a colocarem os seus lugares à disposição do Papa. Sete já foram demitidos.

O cardeal Laurent Monsengwo Pasinya, arcebispo emérito de Kinshasa, no Congo, não esteve envolvido em nenhum caso relacionado com abusos sexuais e a sua saída do núcleo duro do Papa estará exclusivamente relacionada com a idade, uma vez que o cardeal já tem 79 anos.

Sem a nomeação de novos membros, o Conselho dos Cardeais passa agora a ser constituído apenas por seis elementos. A composição do C9, que até agora tinha pelo menos dois cardeais envolvidos em escândalos relacionados com abusos sexuais e que foram diretamente escolhidos pelo Papa Francisco para seus conselheiros, tem sido um dos principais argumentos dos opositores ao líder da Igreja Católica.

Com Observador



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

0 # Luiz Nunes 13-12-2018 19:25
Precisa fazer muito mais do que isso... e pensar que esses agora afastados, poderiam ter sido eleitos pelo colegiado como papa!
Responder