Pub

 hermenio fernandes

Presidente da Câmara Municipal de São Miguel revelou esta sexta-feira, 25, que está a trabalhar para colocar o concelho de São Miguel entre os cinco com melhores indicadores de bem-estar no país.

Com uma população de 15.648 habitantes, segundo os dados do censo 2010, cerca de 52,16% (por cento) da população vive em alojamento com ligação à rede pública de água e cerca de 50,39% da população dispõe de electricidade como fonte de energia e cerca de 45,90% vive na pobreza.

Diante deste cenário, Herménio Fernandes quer melhorar esses indicadores e para isso disse à Inforpress que estão a investir fortemente na requalificação urbana, no acesso à electricidade, na melhoria de acesso à água, na educação, na formação dos jovens e na promoção do emprego.

“Estamos na média de um município, mas temos que estar entre os cinco melhores em Cabo Verde e, para isso contamos com os jovens de São Miguel para ajudar-nos a construir um município cada vez mais desenvolvido, urbanizado e um município de referência em Cabo Verde”, assegurou.

Indo por partes, disse que neste momento está em curso um projecto de abastecimento de água, em que pretendem ligar todas as famílias com água potável, 24 horas, através da dessalinizadora de Ponta Verde. “Este ano vamos beneficiar mais quatro localidades, nomeadamente, Pilão Cão, Mato Correia, Espinho Branco e Achada Espinho Branco”, elencou.

A nível de electricidade, o edil informou que, praticamente, todas as zonas estão cobertas com acesso à electricidade, faltando apenas as localidades de Gongon e Aguadinha, pois a de Cutelo Gomes, o projecto está em curso e as obras vão ser executadas dentro de dias. Sendo que apenas 34,26% dos agregados familiares possuem casas de banho com retrete, informou que vão fazer um “forte investimento” para a construção massiva de casas de banho e para ligação de rede de esgotos em todos os pontos do concelho.

Na educação, assegurou que já estão no processo de reabilitação de todos os jardins infantis, na construção de novos jardins e na reabilitação de algumas escolas, como o polo nº1 de Calheta, o polo de Cutelo Gomes, Veneza e de Monte Bode. A nível do desporto, fez saber que já reabilitaram o polivalente da cidade e está em curso a reabilitação de outros, em diversos pontos do concelho.

A juventude também consta da agenda da edilidade, com uma aposta na formação, acesso à internet através das praças digitais e nos espaços jovens.

Entretanto, o grande desafio é a promoção do emprego, pois, a população activa ocupada é 38,9%, a população desempregada é de 5,3% e a população inactiva é de 56,5%. “Estamos a desenvolver políticas para reduzir a pobreza e ao mesmo tempo criar oportunidade de emprego, colocando a população activa a trabalhar, porque acredito que é via criação de riqueza que melhoramos a qualidade de vida dos munícipes e que criamos melhores condições de vida para as nossas populações”, afirmou.

No que concerne à pobreza, que se situa em 45,90%, a meta da autarquia, nos quatro anos, é reduzir em pelo menos 15%, para que possam ter um nível de pobreza à volta de 25%.

“Acredito que vamos conseguir, porque estamos a melhorar acessibilidades, estamos a ajudar as famílias a melhorarem as suas habitações, estamos a levar água para as famílias que não têm rede de esgoto e temos jovens formados e capacitados que têm condições de transformar São Miguel num município com melhores indicadores de qualidade de vida”, sublinhou.

Com Inforpress



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

+2 # Berdiano 25-08-2017 17:08
Eu só quero perguntar-lhe uma coisa. É verdade que o Sr., não foi morar na residência da Câmara Municipal, porque está é mau estado? Também é verdade que o Sr. recebe 70.000$00 mensais, proveniente de subsídio da arrendamento da sua própria casa? Espero a resposta, para que a sociedade Cabo-verdiana fique esclarecido e saber quem está a faltar a verdade.

Mas eu quero deixar a minha opinião, o Sr.não agiu bem, ao comprar uma viatura por um preço tão elevado num Concelho que é tão pobre e que o Sr., mesmo é quem andou a dizer, durante a oposição e agora anda a reclamar fracos recursos...

Me responda por favor! Se não me responder, o povo tira a sua conclusão...
Responder
+2 # Pedro Pereira 25-08-2017 15:55
Esse Presidente da Camara de S. Miguel é mesmo gaiato. Penso o que ele deve fazer é devolver urgentemente o BMW para poder ter credito junto dos eleitores que votaram nele. Ele acha que somos alguns patetas que andam por aí?
Abraços a todos
PP
Responder
+1 # Atento 25-08-2017 14:20
Camara e Assembleia de Gestão.
Já não precisamos de vocês. saiam com os vossos próprios pés.
Responder
-3 # Txiku 25-08-2017 14:15
É desta forma que se desenvolve o Pais. É preciso fixar metas para melhor orientar as acçoes.
Parabens Hermenio.
Responder
+2 # nuno Carvalho 25-08-2017 23:56
Presidente já kumpri cê primêra meta komprá um BMW pa êl.O rest nô bem xperá pa oiá.
Responder
+1 # Helena Fontes 25-08-2017 14:07
Bom, ele o HF já tem o seu bem estar pessoal garantido, com o seu BMW.
Agora terá de lembrar-se das estradas, não?
Só troça mesmo esse miúdo!
Eu hein?!
Responder