Pub

Janice Silva ONU Habitat

A coordenadora da ONU-Habitat em Cabo Verde, Janice da Silva, foi nomeada embaixadora global da Boa Vontade para os ODS da organização americana “Five Points Youth Foundation” para a construção de Comunidades e Cidades Sustentáveis ODS 11 nos Palop.

Em declarações à Inforpress, a primeira cabo-verdiana nomeada embaixadora para a construção de Comunidades e Cidades Sustentáveis nos Palop, manifestou-se honrada com a nomeação e comprometeu-se a trabalhar para transformara a urbanização como oportunidade de desenvolvimento.

“É com muita honra que aceito ser embaixadora da Boa Vontade e estarei, totalmente comprometida em trabalhar a questão das cidades e desenvolvimento económico, levando mensagens de como podemos transformar a urbanização e oportunidade de desenvolvimento económico para as populações no mundo”, disse.

Janice da Silva, que vai fazer parte de um total de cinco mil pessoas nomeadas e consideradas influentes no mundo para dedicar seus esforços para apoiar o trabalho no domínio a que foram indicadas, vai a nível da construção de Comunidades e Cidades Sustentáveis nos Países de Língua Oficial Portuguesa desafiar comunidades sobre a boa prática no âmbito urbanístico.

Durante a missão de dois anos, Janice da Silva informou que vai estar a viajar para os países da comunidade, dialogar com os governos e sector privado para que tenham projectos-piloto que possam ser financiados pela “Five Points” ou outras organizações.

Basicamente, acrescentou, é fazer um trabalho de captação de recursos para os projectos de urbanização nos países da comunidade lusófona.

Janice da Silva, que admite tratar-se de um trabalho “acrescido”, afirma comprometer-se, assim como o trabalho que desenvolveu em Cabo Verde no âmbito da ONU Habitat, tudo fazer para que esta missão se concretize da melhor forma possível.

A coordenadora da ONU-Habitat em Cabo Verde tem em agenda um encontro com o primeiro-ministro cabo-verdiano para dar-lhe a conhecer a nomeação a que foi indicada pela “Five Points Youth Foundation”, uma organização Internacional associada às Nações Unidas, mas concretamente ao departamento da ONU Global Compact para o sector privado.

Com Inforpress



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

-3 # Carlos Rocha 12-08-2019 10:15
Falta de respeito por essa figura ser nomeada embaixadora global da Boa Vontade para os ODS da organização americana “Five Points Youth Foundation”.
Responder