Pub

Ministério do Desporto

Direção Geral do Desporto

simbolo

Nota de imprensa

Assunto: Falecimento de Elias Fernandes

O desporto cabo-verdiano acordou mais pobre esta terça-feira com a notícia do falecimento de Elias Fernandes, um dos nomes históricos do atletismo nacional, meio fundista e fundista que, junto com Zé Lata Leite e Zé di Mamina, dominou as provas nacionais de estrada nos anos 80 e que representou o país em diversas provas internacionais em países como Portugal, na antiga União Soviética, Senegal e outros.

Elias Fernandes que estaria internado nos últimos dias não teria resistido a complicações ligadas a um suposto AVC, de acordo com fontes próximas ao antigo atleta.

Nesta hora de dor e consternação, o Governo de Cabo Verde, através do Ministério do Desporto/DGD, manifesta o seu pesar pelo desaparecimento físico de Elias Fernandes que soube como poucos representar e dignificar a bandeira desta nossa pequena grande nação.

À família enlutada e à família do atletismo e do desporto em geral, as nossas sentidas condolências

Da nossa parte, o compromisso de contribuir para que o legado deixado pelo atleta seja passado às gerações vindouras para que saibam que entendam as glórias do futuro como fruto, também, do suor e lágrimas de homens que, assim como Elias Fernandes desbravaram caminhos e serviram de inspiração para novos sonhos e conquistas.

Paz à sua alma!

O técnico de comunicação DGD

Kaunda Simas



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar