Pub
Praia Cape Verde
 
O Banco de Cabo Verde divulgou esta segunda-feira, 21, um aviso a alertar que a Convercâmbio, uma Sociedade Unipessoal que opera no sector financeiro em pleno centro histórico da Praia, “não está autorizada” a prestar os serviços de casa de câmbio e de transferência de dinheiro.
 
De acordo com o BCV, explica o comunicado, com este anúncio pretende a “salvaguarda do interesse público”. Em comunicado o banco central, enquanto supervisor e regulador do sistema financeiro, diz que tomou conhecimento de que a referida sociedade está matriculada na Conservatória dos Registos Comercial e Automóvel da Praia, conforme a publicação no Boletim Oficial, propondo-se a prestar serviços no sector financeiro.
 
Só que a Covercâmbio deveria antes e "obrigatoriamente, solicitar a prévia autorização do Banco de Cabo Verde”, o que não sucedeu.
 
A Convercâmbio, Sociedade Unipessoal Lda tem a sua sede no Platô, Cidade da Praia, ilha de Santiago. Conforme se pode atestar pelo extracto de publicação de sociedade nº 357/2019, publicado no Boletim Oficial. nº 130, 16 de Setembro, II Série, o objecto social da referida sociedade compreende, designadamente, as seguintes catividades: “casa de câmbio; transfer (dinheiro)”; actividades financeiras, nos termos dos normativos aplicáveis.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

0 # Atento 22-10-2019 07:08
Terra de banana, se não está habilita então manda encerrar a mesma. Como se cria uma empresa e este começa atividade num setor que precisa de aval. Só Cabo Verde terra de banana
Responder
0 # José Corsino Carvalh 27-10-2019 00:11
Uma Tetra!!!!
No centro da cidade Plateau estão dezenas de cambistas a exercerem estas actividades ilegalmente!
Qual foi a medida tomada pelo BCV para a esta actividades?
Responder