Pub

fut praia fem

A selecção cabo-verdiana feminina de futebol de praia venceu hoje a Argélia por 8-1 em jogo da primeira final dos ‘play-off’ dos Jogos Africano de Praia que decorrem no Sal e fica a uma vitória da medalha de ouro.

Um triunfo conquistado na arena totalmente lotada em mais uma tarde de grande movimentação, com o combinado anfitrião a coroar a sua exibição com esta expressiva vitória na sua primeira partida de sempre na disciplina de futebol de praia.

As convocadas de Silvéria “Nita” Nédio venceram os três períodos de 12 minutos cada, pelos parciais de 2-1, 4-0 e 2-0 e, de acordo com o regulamento, podem garantir a medalha de ouro na segunda partida, agendada para sexta-feira, uma vez mais ante as argelinas, porquanto apenas estas duas selecções participam na prova feminina.

Em caso da vitória caseira, Cabo Verde inviabilizá a realização do terceiro jogo, e não só arrecada a medalha de ouro, como qualifica-se automaticamente para o “ANOC World Beach Games,” evento que vai ser disputado de 08 a 15 de Outubro de 2019 em San Diego, Califórnia.

Em relação a esta primeira vitória de sempre da equipa feminina do futebol de praia, Nita Nédio estava eufórica e afirmou que a sua equipa trabalhou menos de uma semana “uma nova modalidade, até esta desconhecida” para tentar fazer história e que resta a Cabo Verde apostar na massificação desta modalidade em todos os pontos do país.

Com Inforpress



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar