Pub

se baia

A Igreja de Nossa Senhora da Luz, em Alcatraz, concelho de São Domingos, vai ser reabilitada no quadro do PRRA, anuncia o Instituto do Património Cultural. Vai custar 18 mil contos.

Num post publicado na sua página na internet, as obras neste edifício histórico - construído aquando do povoamento da ilha de Santiago, espaço de peregrinação por excelência em honra à Nossa Senhora da Luz - incluem a reposição da cobertura, picagem e novo reboco nas fachadas exteriores, reboco nas fachadas interiores, revestimento do piso em tijoleira, substituição da porta principal e lateral em madeira e execução de janelas em madeira, construção de um lavabo de apoio na sacristia, execução de rede de esgotos, água e eletricidade e pintura final.

"Na década de 80, este edifício sofreu alguma descaracterização com a criação de anexos e outros espaços adjacentes. Alterações estas que o IPC, em parceria com a Diocese de Santiago e a Câmara Municipal local, pretende agora regularizar", informa o IPC, acrescentando que além de reabilitar a Igreja, é pretensão, da edilidade local, implementar no espaço um Centro Interpretativo de Alcatraz, de modo a preservar o património histórico-cultural da antiga Capitania do Norte, Património Cultural do Município de São Domingos.

Ontem, quinta-feira, as equipas do Instituto do Património Cultural, Câmara Municipal São Domingos e Instituto Cabo-verdiano da Construção ( tutelado pelo Ministério das Infra-Estruturas, do Ordenamento do Território e Habitação) lideradas pelos seus presidentes, acompanhadas do pároco local, visitaram o espaço para acompanhar o arranque das obras, com execução prevista para 6 meses.

A Igreja de Alcatraz integra a lista dos edifícios contemplados para reabilitação no âmbito do Plano Nacional de reabilitação do património histórico e religioso, traçado pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através do IPC, e é financiada inteiramente pelo Governo de Cabo Verde, através do Programa de Reabilitação, Requalificação e Acessibilidades – PRRA.

A execução do projeto de requalificação, traçado pelo Arquiteto da Diocese de Santiago, Crisanto Vaz, está a cargo da empresa CAD – Engenharia e Construções, e orçado em 18 mil contos.

baia se



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

0 # Venceslau Cardoso 03-10-2019 12:11
São tanto os benefícios que esta boa governação trás para papopulação que só Deus sabe.
Responder