Pub

 batuco

Cinco grupos de batuco sobem ao palco do Polivalente de Assomada (Santa Catarina), no domingo, a partir das 15:00, para competirem na segunda sessão da V edição concurso “Batuku Nôs Tradison 2019”, uma iniciativa do Isaac Show Eventos.

Trata-se dos grupos Fidjus de São Miguel (São Miguel), Nova Chama (Santa Cruz), Raiz di Tarrafi, (Tarrafal) , Mondon (Praia) e Raiz de Lemba Lemba (Engenhos, Santa Catarina).

Os três primeiros classificados vão juntar-se ao Txabi Nobu (Fonte Lima, Santa Catarina), Herdeiros de Mamazinha Ferreira (Rincão, Santa Catarina) e Rabenta de São Pedro (Santa Cruz) que ficaram em 1º, 2º e 3º lugar, respectivamente, na primeira sessão e que já estão na meia-final.

Na primeira sessão, realizada no passado dia 27 de Junho, no Polivalente de Assomada, concorreram também os grupos Buli Ladera (Praia), Grupo de Mato Gegê (Santa Catarina), que ficaram pelo caminho.

Em declarações à Inforpress, o promotor do evento, Isaac Vicente, do Isaac Show Eventos, informou que para esta V edição do concurso, realizado desde 2013 e que vai contar com grupos de Santiago Norte e Sul, tem como objectivo descobrir novos talentos e novos grupos de batucadeiras.

Conforme explicou o responsável, o certame, que vai decorrer durante cinco semanas (todos os domingos), está dividido em três sessões de eliminatórias (27 de Junho, 07 e 14 de Julho), uma meia-final (21 de Julho), sendo que a final está aprazada para 28 de Julho.

A mesma fonte fez saber ainda que em cada sessão, o júri escolhe três grupos de batuco que vão seguir para as fases seguintes, designadamente, meia-final e final.

Já para a terceira sessão, vão competir os grupos Chá de Rubera (Praia), Flor de Juventude (Tarrafal), Fidjus de Engenhos (Engenhos, Santa Catarina), Mocinhos de Interior (Santa Cruz), Finca Pé de Boa Esperança (Praia) e Chave de Paraíso (Mancholi, Santa Catarina).

O bilhete de entrada no recinto é de 100 e 200 para crianças e adultos, respectivamente.

Como prémios os três primeiros classificados vão receber um prémio monetário, sendo 100, 50 e 25 mil escudos cada, respectivamente.

Com Inforpress



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar