Pub
Por: Lucindo Cardoso de Pina


lucindocardoso
Não tem uma data de início programado
Cada um sente e vive isso do seu jeito
Mas pela sociedade foi formatado
Estando fora do casulo você é visto como imperfeito

Diz-se que vem do coração
Não sei se é verdade
Sei que envolve sentimento e paixão
Como o selo da felicidade

Quando é verdadeiro 
A perda é dolorosa
Quando é algo passageiro
São como rosas
Hoje estão na mesa da sala
Amanhã enterrada em qualquer vala

Uns escondem seu amor em gavetas
Pois essa sociedade está cheia de etiquetas 
Encaixadas em molduras de preconceitos
Críticos de plantão acham-se os perfeitos

Todos tem direito de viver seu amor na luz do dia
Mas a sociedade tenta tapar o sol com peneira
Os críticos sempre tem vivências obscuras 
Mas não expõe à luz o que vivem às escuras

Acredito que não existe um único conceito de amor
Pois cada um sente sua própria dor
Dor de uns, dor da solidão
De outros, dor da perseguição

Vamos amar no conceito que se traduz na felicidade 
Não nas molduras criadas pela sociedade 
A magia do amor não cabe em molduras 
Mas sim nas loucuras

Lucindo Cardoso de Pina



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar