Pub
Por: Lucindo Cardoso de Pina

lucindocardoso

Por muito tempo
Corri contra o tempo 
Tentando entender
Cada entardecer 
Sem você por perto 
O amanhã se tornou incerto

O tempo que me levara até aos teus beijos
Hoje me tirou dos teus braços
No tempo ficou impresso o que vivemos outrora 
O que passou nesse tempo continua presente, nunca foi embora

O tempo cura e concerta 
Mas tem marcas que fossilizam no tempo
São as feridas que ficaram abertas 
E que reaparecem a todo o momento

Lutei contra meus defeitos
Abri mão do meu jeito 
Deixei meu coração conduzir minha mente
Tentei ser mais correto e prudente

Viajei pelo mundo 
Não levei bagagem nem tinha endereço
Para não ter que levar nenhum rascunho
Mas o passado nunca deixou meu presente em sossego

Do meu estado emocional 
Ninguém tinha consciência
Minha vida lá fora parecia normal
Na rua tentava manter a boa aparência
Parecendo uma fortaleza 
Mas nas minhas veias só corriam tristeza

Como escoteiro sigo os sinais
Que possam me levar de novo aos teus abraços
Me perdi, pois os sinais eram todos iguais
Os sinais já confundiam meus passos
O sinal errado me ensinou alguma lição
Que deveria seguir o sinal do teu coração



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar